O lado negro do Facebook

O Facebook está roubando você! E enganando. E manipulando. E te deixando infeliz.

Em Fevereiro de 2015, publiquei um artigo intitulado “O Facebook está roubando você“.
Neste artigo, eu mostrei, através de um vídeo, onde um grande blogueiro e influenciador americano PROVA que o Facebook burla as próprias regras e ROUBA seu dinheiro, por não entregar aquilo a que se propõe, que o Facebook é desonesto, do ponto de vista comercial e está roubando seus clientes.
Além disso, publiquei, ontem, outro artigo sobre esta rede social, mostrando que, sem estratégia, você vai estar desperdiçando o dinheiro do seu cliente, trazendo resultados deploráveis (quando se consegue algum) e apostando numa plataforma que não gera mais ROI. Pois é: acabou o almoço grátis no Facebook!

Te roubando, te manipulando e te fazendo infeliz: Ainda vale a pena estar no Facebook? POR QUE?

Capa da revista super interessante sobre o lado negro do facebook - www.renatho.com.br
Você conhece o lado negro do Facebook? E seu cliente? E seus familiares? (Clique na imagem para baixar a revista)

A edição 348 da Revista Super Interessante traz, estampada em sua capa, aquilo que TODAS as agências de Marketing e profissionais medíocres de marketing digital não queriam que chegasse aos ouvidos dos seus clientes: O FACEBOOK É UMA FARSA! Com o título “O Lado Negro do Facebook” a reportagem mostra que, de acordo com uma pesquisa, realizada por estudiosos das universidades de Michigan e Leuvem (Bélgica), quanto mais as pessoas passam tempo no Facebook, mais se sentem infelizes.

O Facebook está deixando as pessoas DOENTES psicologicamente. Isso é um FATO CIENTÍFICO. Por que, sabendo disso, continuamos lá? Não é este o comportamento de usuários de alcool e outras drogas que causam dependência?

A mais pura realidade: meninos e meninas lutam, desesperadamente, por atenção… Vale tudo para ser notado. Vale ficar nua, vale mendigar “likes”, vale gravar cenas de sexo anônimas e divulgar… Vale tudo por um like… Que valores estamos permitindo que o sistema venda para nossos jovens? Como a erosão da família (não importa qual é o modelo de família que você apoia) e dos valores estão transformando nossa sociedade em uma Idiocracia cada vez mais grosseira e insólita? Só o tempo dirá…

O Facebook Manipula Você!

O Facebook define a sequência de informações que você vê na sua timeline, usando um critério secreto que não revela a ninguém. No ano passado, o Facebook realizou uma EXPERIÊNCIA SECRETA com 600 mil usuários, manipulando suas timelines para verificar como isso iria alterar o humor dessas pessoas. SIM, VOCÊ PODE TER SIDO UMA COBAIA!

Os cientistas modificaram o algoritmo de usuários escolhidos de forma aleatória para que mostrassem conteúdo mais positivo ou negativo. E, depois, analisavam o conteúdo postado pelos próprios usuários. A ideia era entender se o que vemos em redes sociais afetam a forma com que nos sentimos. Em outras palavras, se os sentimentos publicados no Facebook são contagiosos.
O resultado? Sim, eles podem manipular emoções de usuários – de uma forma positiva ou negativa – com pequenas mudanças no algoritmo do Facebook.

O Facebook está consumindo seu bem mais precioso: O TEMPO!

Segundo a pesquisa “Digital, Social and Mobile 2015” da We Are Social, osBRASILEIROS passam, em média, QUASE 4 HORAS nas redes sociais, diariamente. Estes mesmos brasileiros, quando perguntados sobre porque suas vidas não avançam, porque não fazem aquele curso de Inglês, porque não terminam a faculdade, porque não fazem uma pós-graduação ou MBA, respondem que… NÃO TEM TEMPO!
Dica: fique 90 DIAS (apenas) sem acessar o Facebook e descubra o quanto você é capaz de realizar com a quantidade ENORME de tempo que você vai conseguir neste período!
(OBS: Acredito que 99% das pessoas aqui não conseguirão, pois já estão viciadas no Facebook, como qualquer viciado em drogas…

O Facebook está prejudicando nossas relações!

Quem nunca se desentendeu com um amigo, um parente ou um conhecido através das redes sociais?
Nossa vida, mediada pelas redes sociais, tem se tornado traumática e excessiva. Estamos nos tornando reativos, narcisistas e incapazes de lidar, de forma respeitosa e digna, com as diferenças de opinião. Vivemos tempos de (In)Comunicação. Temos várias ferramentas de comunicação, mas não conseguimos manter diálogos. Nossa comunicação é deficiente, fraca, superficial. Estamos transformando a internet na nova televisão: A interação está morrendo! Estamos reagindo como o Cachorro de Pavlov, salivando a cada nova postagem, em contínuo reflexo condicionado, e dando nossos likes, mas sem que isso tenha um sentido. Estamos no piloto automático, e nem nos demos conta.
Graças à forma superficial como o Facebook “resignificou” a palavra “amigo” em nosso idioma, estamos permitindo que nossas relações se tornem rasas, superficiais, insípidas.
Ninguém se importa mais! As relações humanas nesse nosso maravilhoso mundo moderno são pautadas no individualismo e na perda do conceito de coletividade.
O Facebook já chegou a ser apontado como uma das maiores causas de divórcio nos EUA. Eu não concordo 100% com esta pesquisa, mas não podemos discordar do fato de que, certamente, todos nós já testemunhamos casos de brigas conjugais, términos de relacionamentos e outros problemas atribuídos às redes sociais, não é verdade (desde a época do Orkut, inclusive…)

O Facebook tornou IMPOSSÍVEL ter opinião sem se tornar uma vítima

O Facebook se tornou o maior mecanismo de censura que já foi criado pelo homem. E está sendo usado contra o próprio homem. Não se pode mais dar uma opinião pessoal sem ser julgado, ofendido, humilhado, ou algo parecido. No vídeo abaixo, o Rafinha Bastos fala sobre como nos tornamos pessoas detestáveis, por não darmos mais aos outros o direito de ter uma opinião divergente da nossa:

Gostaria de compartilhar com vocês um sentimento. Não estou dizendo que o que estou escrevendo é a verdade, nem defendendo um paradigma ou mesmo tentando criar um dogma. Mas, depois de quase 20 anos atuando em redes sociais (Saudades, mIRC) descobri um fato (pelo menos PARA MIM se revelou como um fato) curioso, assustador e perigoso: NÓS transformamos as redes sociais em mecanismos cruéis, mecanismos com o objetivo de CALAR A OPINIÃO ALHEIA DIVERGENTE e matar a crítica. Crítica essa que foi absolutamente necessária para a construção do conhecimento ao longo das eras.

O Facebook nos colocou numa BOLHA IDEOLÓGICA, onde nos cercamos apenas das pessoas que pensam como nós, e isso é extremamente prejudicial para nossa capacidade de lidar de forma construtiva com as diferenças. Os filtros-bolha na internet estão nos transformando em pessoas cada vez piores!

Ser diferente e inovador é um desafio que custa muito caro às vezes… Você está pronto para pagar o preço de não ser um medíocre?

Então, a culpa de tudo que nos tornamos é do Facebook?

Não. Definitivamente, o Facebook tem uma boa parte da culpa, mas, no final, ele é apenas uma vitrine. Uma ferramenta. Um espelho que nos mostra, de forma fria e explícita, no que nos tornamos enquanto sociedade: Falhamos. Miseravelmente!

Ainda há tempo. Desintoxique-se. Desligue as notificações. Viva uma vida DE VERDADE, e não apenas para mostrar para gente que você não gosta, algo que você não é, consumindo coisas das quais você não precisa, com um dinheiro que você não tem. Entenda que tudo isso é uma grande ilusão. Ninguém é tão feliz quanto quer fazer crer através das redes sociais.

Gostaria de dividir com vocês um vídeo que apresento nas minhas aulas de comportamento do consumidor, que demonstram como nós estamos nos enganando o tempo todo e permitindo que outras pessoas ou corporações ditem aquilo que pensamos, lemos, comemos, com quem nos relacionamos, que tipo de diversão escolhemos, etc.

Este vídeo, que é impactante, mostra como a opinião dos outros à respeito da nossa vida pode ser danoso:

What’s on your mind? from Shaun Higton on Vimeo.

Parece exagerado. Parece fantasioso. Parece ridículo. MAS É REAL! TODOS NÓS FAZEMOS ISSO O TEMPO TODO! Postamos fotos do que comemos, de onde estamos, dos nossos hábitos, das pessoas que nos cercam, das nossas preferências em diversos temas da vida… E depois, reclamamos que estamos perdendo nossa privacidade! Nós estamos nos tornando viciados na aprovação alheia.

Reflitam e entendam, definitivamente: A vida nas redes sociais É UMA FARSA. Uma encenação, criada diariamente, por pessoas que precisam desesperadamente de atenção, pessoas que estão carentes de contato humano, de uma ligação. Pessoas precisam de pessoas. Pessoas precisam de contato. Pessoas precisam de HUMANIDADE!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s