‘Jogo 10 da noite não’, campanha pede mudança no horário do futebol

Torcedores mineiros relatam dificuldades para assistir aos jogos de futebol durante a semana devido ao horário.

Desde 1980, algumas partidas do futebol brasileiro são disputadas a partir das 22h. Para muitos torcedores, o horário dificulta a ida ao estádio, pois o jogo termina à meia-noite, quando o deslocamento na cidade é mais difícil.

“Quando o jogo está lotado, as pessoas chegam a brigar por espaço no ônibus. Há também o medo de ser assaltado. Eu acho que, com o jogo mais cedo, não faria tanta diferença na ida, mas, na volta, daria para chegar mais cedo em casa. No horário atual, eu chego quase duas da manhã”, conta Leonardo Brasil, torcedor do Galo e morador do bairro Eymard, na cidade deBelo Horizonte (MG).

Franz Galvão é cruzeirense e mora no bairro Jardim Europa, também na capital mineira. Ele não tem grandes problemas com o horário dos jogos, mas acredita que outras pessoas podem ser prejudicadas. “Em dia de semana, eu até gosto de jogo à noite, porque dá para dar um pulo em casa. Mas acho que para o trabalhador o melhor seria às 20h, aí dá tempo para dormir mais cedo”, comenta.

Quem define o horário é a empresa detentora dos direitos de transmissão. “Por isso, as partidas aos domingos – que tradicionalmente eram às 17h – passaram para as 16h e as da quarta-feira foram passando sempre para um pouco mais tarde, até chegar às 22h. E o motivo? A Globo prioriza a novela”, explica Emanuel Leite Jr., pesquisador do futebol. Ele também afirma que, nas competições continentais, como a Libertadores e a Copa América, a emissora usa sua influência para definir os horários dos jogos dos clubes brasileiros e da Seleção.

Pesquisa mostra preferência por jogo mais cedo

Em pesquisa que a CBF encomendou ao Ibope neste ano, 69% dos/as entrevistados/as querem os jogos do meio da semana antes das 22h, e apenas 24% concordam com o horário atual.

• Do total, 32% preferem o jogo às 20h30, 23% querem ver futebol às 21h e 14% preferem o horário das 21h30.

• 50% avaliam como ruim a qualidade do transporte coletivo em dias de jogos; 29% afirmam que é regular; apenas 17% afirmam que o transporte é bom ou ótimo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s